quarta-feira, junho 12, 2024
Política

O governo vai desarmar a população

A política de “todo mundo armado”, do governo Bolsonaro (PL) vai mudar a partir de 1º de janeiro.
O presidente Bolsonaro (PL), em quatro anos de governo, assinou dezenas de decretos que reduziram o controle, o rastreio e a fiscalização de armas e munições, isso provocou o aumento dos registros em 474%, chegando a 1 milhão de armas nas mãos da população.

O grupo de transição do governo Lula, responsável pela Justiça e Segurança Pública, já anunciaram que uma das prioridades a partir de 1º de janeiro será reverter o “liberou geral” de Bolsonaro para armas de fogo.

O senador Flávio Dino (PSB), um dos integrantes GT de Justiça e Segurança Pública para o governo Lula, já adiantou que em janeiro a gestão vai recuperar as normas de controle do Estatuto do Desarmamento, de 2003.

O futuro governo Lula também estuda uma política de compra de armas, com o objetivo de desarmar a população.

Da redação da Folha de Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + vinte =