sexta-feira, março 1, 2024
Economia

Haddad: isenção do IR para quem ganha até dois mínimos sai neste mês

Hoje (23), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou que está estudando a revisão da tabela de isenção do Imposto de Renda para aqueles que recebem até dois salários mínimos. A nova tabela será ajustada ao novo valor do salário mínimo, que foi atualizado de R$ 1.320 para R$ 1.412. O anúncio dessa alteração está previsto para ocorrer até o final deste mês.

O ministro, ao chegar ao ministério, onde se dirigiu aos jornalistas, comentou: “Até o fim do mês, a gente vai ter essa conta. Esse mês ainda a gente vai ter a conta, tá bom?”

Anteriormente, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva também abordou o tema na rede social X, afirmando que cumprirá a promessa de governo de assegurar a isenção do Imposto de Renda para trabalhadores que recebem até dois salários mínimos. Ele declarou: “As pessoas que ganham até 2 salários mínimos não vão pagar Imposto de Renda. Nós vamos fazer o que prometemos.”

Segundo dados da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco Nacional), sem a revisão, aqueles que recebem mais de dois salários voltarão a ser tributados, pois a faixa de isenção permanece inalterada na tabela, fixada em R$ 2.112.

Desconto automático

Além disso, um desconto automático de R$ 528 foi aplicado ao salário, resultando, na prática, em uma faixa de isenção de R$ 2.640, equivalente a dois salários mínimos em 2023.

Questionado sobre a possibilidade de um acordo para revogar a medida provisória (MP) que promove a reoneração da folha de pagamentos em alguns setores da economia, Haddad evitou comentar. A medida, editada no final do ano passado, prevê a reoneração gradual de 17 setores que anteriormente se beneficiavam de descontos na contribuição para a Previdência Social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − um =